terça-feira, 20 de setembro de 2016

MORTO EM FEVEREIRO


Texto de autoria de Alceu Natali com direito autoral protegido pela Lei 9610/98. LEIA O TEXTO AO SOM DA MÚSICA DO VÍDEO POSTADO NO FIM. Sem ela, a vida seria um erro (Friedrich Nietzsche)

7 anos de conformação de Aldair, John Kennedy meu anfitrião, A vida não tem fim, Dr. Hédio paciente impaciente, Eles vivem em mim, João voluntarioso, Vivo na claridade, Na obscuridade, Morto ninguém sabe, Ivo amigo, Bate saudade, Armando de Marte, Lilian de Vênus, Deus da guerra uma cidade, Deusa do amor uma revelação, Encarnação de Espanha em Paris, Isabel de Água Verde descontente, Enigma imitando a realidade, Mente e não mente, Engano enganando, Limite que não sente, Alice só para adivinho, Augusto só para enfermo, Feitiço ausente, Morte morrendo, Sonho incidente, Com morto em Fevereiro, Não tem fim a gente, Zombado, Ridicularizado, A verdade está rente, Numinoso ardiloso, Deixa impotente, Livre no vígil, À merce do sono, Onde está Virgínia, Onde está Sílvio, Num instante de Zen, Último nível aquém, A vida não tem fim, Na face um sorriso, Eles vivem em mim, Sem Tânia, Nem Ricardo, Um Chico Xavier, Cercado de mulher, Vida vivendo, Uma Regina sagrada, Desregrada fora de si, Peter meu hospedeiro do tempo, Cocteau Twins cover do original, Nepal infernal, Jesus velho coadjuvante, Elisabete com amante, Homem das neves inalcançado, Lady Jane dor do passado, Nimes carioca me tolera, Ursos falantes me enturmam, Mulheres clonadas mantém portas abertas, O Vale da Amoreira também, De quem sou refém, O morto em Fevereiro reaparece em Março, Depois de um ano fico num embaraço, 20 anos de amizade, 14 de separação, Sou meu próprio anfitrião, A vida não tem fim, Filhos indiferentes diferenciando, Eles vivem em mim.

video