sábado, 1 de outubro de 2016

WISHFUL THINKING

Texto de autoria de Alceu Natali com direito autoral protegido pela Lei 9610/98

Cruzou o firmamento uma estrela cadente, Deixou um rastro rubro-claro e nenhum rugido no ar, Mas ouço-lhe as formas em deslumbramento, Uma sonata de beleza vibra acordes de acompanhamento em meu olhar, Amalgama-se com o por do sol que morre rápido, Faço-lhe um pedido esperançoso, Porque estou necessitado, Ela me lê de boa mente, Dissipasse-se sem demora, Leva consigo para sempre meu desejo,

Pensa em mim, estrela que fenece na flor da minha idade, Como em ti penoso penso, Quando a terra vai no horizonte se apagando, Quando a lua vai no mar se dourando, O cintilar trêmulo de sua passagem provocou um sussurro fundo no meu coração sofrido de dor, Pensa em mim como uma estrela mãe, Como incenso cósmico, Que as estrelas das constelações abraçam se formando, Que as galáxias do universo beijam se agrupando,

Explodiu uma supernova reluzente, Ascendeu uma luz de farol para todo navegante da galáxia se guiar, Mas ensurdece-me seu clarão em esplendor, Uma cantata de grandeza ecoa estrondos de imaginação em meu pensamento, Junta-se à estrela da manhã que nasce lenta, Faz-me votos de longevidade, Porque é passageira, Vejo-te com raridade milenar, Até que seu brilho se esvaeça, E um dia você volte a ser o que era antes,

Penso em ti, supernova que fenece antes de chegar aos meus olhos, Como em mim fogosa pensas, Quando em noite vira o dia em Jerusalém, Quando nos céus cruza sua luz em Belém, A rotação estável da terra te levou onde nos homens nasce a esperança de amor, Penso em você como um menino pai, Como incenso balsâmico, Que os anjos de Deus beijam passando, Que todos os filhos do universo abençoam iluminando.

video